Morre médico voluntário de testes da vacina de Oxford no Brasil

Morre médico voluntário de testes da vacina de Oxford no Brasil

De acordo com informações; o médico carioca João Pedro Rodrigues Feitosa, 28 anos, voluntário nos testes da vacina de Oxford, faleceu em decorrência de complicações da covid-19, no último dia 15. De acordo com nota da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde Feitosa estudou; atuava na linha de frente no combate ao novo coronavírus nas redes privada e municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

Além disso; até o momento, aproximadamente 8 mil voluntários participaram de testes da vacina no Brasil. O estudo é randomizado; ou seja, metade dos voluntários recebe o imunizante produzido por Oxford e a outra metade, placebo. Contudo; nem os participantes da pesquisa sabem qual dose receberam.

Anvisa

Ainda assim; por meio de nota a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou hoje (21) a morte de um voluntário; contudo; esclareceu que uma investigação dirigida pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança, sugeriu o prosseguimento do estudo.

A Anvisa não confirma a identidade do voluntário e diz que os dados a respeito dos voluntários de pesquisas clínicas devem ser mantidos em sigilo; de acordo com regulamentos nacionais e internacionais de Boas Práticas Clínicas.

Veja também: Eleições e Covid-19: Saiba quais protocolos para o dias de votação 2020

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *