Hospital São Rafael utiliza tecnologia avançada de forma pioneira

Hospital São Rafael utiliza tecnologia avançada de forma pioneira

A equipe de Cardiologia Intervencionista do Hospital São Rafael (HSR), composta pelos médicos Cristiano Guedes, Carlos Vinicius e Adriano Tamazato, realizou um procedimento pioneiro utilizando o ultrassom intracoronário “high definition” ou “IVUS HD”. O HSR foi o terceiro centro do Brasil e o primeiro das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país a utilizar a tecnologia em sua versão HD.

O ultrassom intracoronário (em inglês, intravascular ultrasound – IVUS) é realizado durante o cateterismo cardíaco, caracterizando de forma mais acurada as placas de gordura que obstruem os vasos do coração, ou durante o tratamento desses bloqueios (procedimento conhecido como angioplastia coronária), guiando a escolha mais adequada do tamanho do stent (endoprótese expansível, caracterizada como um tubo perfurado que é inserido em um conduto do corpo para prevenir ou impedir a constrição do fluxo no local causada por entupimento das artérias, ou para reconstruir uma artéria acometida por aneurisma). O IVUS tem ampla comprovação clínico-científica e é o método de imagem intravascular mais utilizado no mundo e a sua versão HD permite obtenção de imagens com resolução ainda maior.

O laboratório de hemodinâmica do Hospital São Rafael dispõe das tecnologias mais avançadas no diagnóstico e no tratamento da doença obstrutiva coronária. São exemplos: ultrassom intracoronário (IVUS), reserva de fluxo fracionada (FFR), tomografia de coerência óptica (OCT), aterectomia rotacional (rotablator), guias e cateteres especiais.

“Essas tecnologias adjuntas são importantes e suas indicações devem ser discutidas rotineiramente pelos médicos intervencionistas e cardiologistas clínicos, sendo utilizadas conforme o quadro de cada paciente individual”, afirma Cristiano Guedes, cardiologista intervencionista do HSR.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *