Governo da Bahia assinou acordo de confidencialidade para testar a vacina russa no estado

Governo da Bahia assinou acordo de confidencialidade para testar a vacina russa no estado

Em entrevista, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas; confirmou que o governo assinou um acordo de confidencialidade para testar a vacina russa no estado. O objetivo é que o estado seja responsável pela comercialização da vacina do Brasil e a Bahiafarma lidere as negociações.

De acordo com o secretario, “estamos em negociação com a Rússia já há duas semanas. Nós já havíamos assinado um memorando de entendimento, visando iniciar as tratativas para testar aqui no Brasil a vacina russa Sputnik V em 500 participantes”.

Contudo, conselhos e comitês precisam analisar a vacina: Comitê de Ética do Instituto Couto Maia; juntamente com o Conselho Nacional de Ética e Pesquisa (Conepe) e também à agência reguladora Anvisa.

“A proposta é que a Bahia seria a responsável pela comercialização da Bahia no Brasil, através da Bahiafarma. O governo federal pode comprar da Bahiafarma, se decidir comprar a vacina russa, e deverá comprar todas as vacinas, porque não vai ter suficiente”, diz.

Estudo publicado pela revista The Lancet sobre as fases 1 e 2 de estudos mostrou eficácia de 100% da vacina russa, mas cientistas dizem que ela ainda precisa de mais testes.

#Campanha Vidas Importam

Veja também: Vacina CoronaVac é segura para idosos, mas gera menor resposta imunológica

Covid-19: 244 médicos brasileiros morreram após contaminação

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *