Fortaleça sua imunidade: TIMO

Fortaleça sua imunidade: TIMO

Células indispensáveis nos processos de resposta imune, os linfócitos T são produzidos no timo. Este pequeno órgão, localizado à frente do coração, é responsável pela etapa de amadurecimentos destas células, que atuam como agentes protetores do organismo. O Instituto Oswald Cruz é responsável por diversas pesquisas sobre o Timo. Em 2015, a instituição fez publicação na revista Nature sobre o controle hormonal do Timo.

O órgão que é responsável pelo desenvolvimento dos linfócitos T, células essenciais para combater infecções e prevenir o câncer. O desenvolvimento de linfócitos T é um processo altamente regulado, que visa a produção de células protetoras do organismo. No entanto, estas células também são passíveis de acumular erros e originar câncer. Os cânceres de células do sangue, que incluem os linfócitos T, são conhecidos como leucemias. Os cientistas acreditam que a principal causas dessas leucemias são problemas no Timo.

Em pesquisa de Anna Paula Batista para Universidade de Viçosa, o estudo com animais, mostrou que ” Ao final do 28.º dia os animais foram sacrificados e foi coletado material para análises. O timo, analisado histológica e morfometricamente, apresentou alterações condizentes com o processo de envelhecimento, tendo uma ausência de delimitação das camadas cortical e medular, diminuição da percentagem da medular em relação à cortical, tanto nos animais senis quanto nos jovens submetidos aos protocolos de estresse. 

Pesquisadores do Instituto Gulbenkian de Ciência, coordenado pela professora Vera Martins, descobriu que, no organismo saudável, ocorre um processo de competição celular no timo. Neste processo, células mais novas (e mais saudáveis) substituem outras que são mais velhas (e menos saudáveis). Assim, as células mais novas “ganham” sempre e eliminam as mais velhas, que têm o potencial de causar a leucemia.

“Estou convicta que esta abordagem, que integra o organismo saudável e em condição de doença, é a forma mais correta de compreender o que causa a leucemia e espero que o conhecimento gerado venha a ser utilizado para desenvolver abordagens mais adequadas para quem se depara com uma doença tão grave,” disse Vera. Conheça mais sobre o Timo.

Em outro artigo sobre o papel do Timo no desenvolvimento do sistema imune, pesquisadores esclarecem que “a homeostase do sistema imunológico depende da função tímica para o desenvolvimento da tolerância e impedir a auto-imunidade. O mecanismo íntimo está em
estudo para possibilitar a melhor abordagem terapêutica de pacientes com doenças autoimune”. Veja artigo completo em: O papel do Timo no desenvolvimento do sistema imune.

Em vídeo, o Psicoterapeuta clínico Fernando Vieira Filho, dá dicas de como fortalecer o Timo e prevenir doenças. “Com a idade o timo se desenvolve, ele cresce junto a criança, podendo chegar a 50g, quando esse individuo vai envelhecendo ele volta a encolher, perdendo energia, chegando a 5g”. disse.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *