Procedimentos estéticos: cuidado!

Procedimentos estéticos: cuidado!

estetica 1Quase todo mundo quer ter um corpo perfeito e muitos pagam um preço alto por isso. O que muitos não entendem ou preferem fazer de conta que não sabem é que o organismo humano é a integração de vários órgãos e sistemas que, para se manterem saudáveis, dependem de um adequado aporte nutricional, produção hormonal adequado e metabolismo em equilíbrio. Por isso cada indivíduo antes de pensar em qualquer tipo de dieta, seja para emagrecer, para ganhar massa, para ganhar peso ou qualquer outro objetivo ou ainda, antes de fazer qualquer procedimento minimamente invasivo para melhorar a estética  precisa  passar por uma avaliação clínica que vai identificar o melhor tratamento e como pode ser feito com segurança.

Encontrar a fonte da beleza e juventude é o desejo de muitas pessoas. O que não faltam são aproveitadores de plantão que oferecem todo tipo de caminho  para quem está em busca de alternativas. Sabemos que não exista fórmula mágica para a beleza e a boa forma, por isso essas promessas acabam esbarrando em problemas e em alguns casos o sonho do corpo ideal se transforma em um grande pesadelo.  

 Tratamento estético não é um serviço qualquer. Ele envolve riscos à saúde e muitos têm contraindicações. Por exemplo: o peeling (procedimento para suavizar manchas e cicatrizes de acne e rejuvenescer a pele) pode provocar queimaduras, cicatrizes, queloides, infecções bacterianas e virais.

 Por isso,  é importante não contratar um serviço estético por impulso, sem se certificar de sua segurança, e também de seus resultados. O alerta é para que  o consumidor não coloque  sua saúde em risco em nome da beleza.

 Alguns cuidados para evitar problemas futuros, são fundamentais: antes de contratar qualquer serviço de estética, pesquise muito bem quais são os riscos, as contraindicações e as limitações do tratamento e solicite detalhes sobre como os procedimentos serão realizados (quais aparelhos e cosméticos serão utilizados, quantas sessões serão necessárias etc.)

 estetica 5Além de pesquisar, é fundamental que o profissional responsável pelo tratamento faça uma avaliação prévia do consumidor para saber suas condições de saúde, informe qual é o procedimento mais adequado para o que ele procura e quantas sessões serão necessárias para atingir o resultado desejado.

 Visitar a clínica ou centro de estética onde pretende realizar o procedimento é fundamental. No local, avalie as condições de higiene, se os materiais usados – como agulhas e seringas, especialmente – são descartáveis e se toalhas e lençóis são esterilizados, por exemplo. Além disso, verifique se o estabelecimento tem autorização de funcionamento emitida pelo órgão de vigilância sanitária municipal ou estadual. A licença deve estar afixada em local visível. Nada de fazer esses procedimentos em espaços como salão de beleza, coberturas ou casa dos profissionais.

 Informe-se sobre a formação do profissional que irá atendê-lo. Se for médico ou fisioterapeuta, veja se está ele registrado no conselho de classe e se é ligado a alguma associação científica. Fique atento se o profissional dá informações claras sobre o tratamento ou se apenas tenta “empurrar” sua contratação.

 Em geral, a principal reclamação sobre tratamentos estéticos é que o resultado não foi o esperado. Para evitar essa frustração, é fundamental que o direito à informação do consumidor seja respeitado. Lembre-se: milagres nesta área não acontecem.

 A empresa que prestará o serviço precisa deixar muito claro, antes da contratação, que o tratamento leva tempo e, muitas vezes, apenas ameniza o problema, não o resolve definitivamente.

Além disso, em alguns casos, o resultado depende, também, de uma alimentação saudável e da prática de exercícios físicos. O profissional não deve alimentar falsas expectativas de resultado positivo, por exemplo, mostrando fotos de “antes e depois”.

Outro problema dos serviços estéticos é que muitos procedimentos estão sendo realizados sem estudos científicos que comprovem sua eficácia. Como novos tratamentos surgem a cada dia, o Idec recomenda que o consumidor desconfie sempre, sobretudo dos que prometem resultados rápidos.

O assunto foi tema do WhatsApp Image 2018-08-07 at 14.12.42Programa Saúde no ar, desta terça-feira (07.08).

Patricia Tosta converssou com a Presidente da Sociedade Brasileira de medicina Estética para o Regional Bahia, a médica dermatologista Marilusia Costa. 

Ouça a conversa:

[/audio

 

 

Foto: Internet/Magna Calixto 

Fonte: IDEC

Redação Saúde no Ar

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *