Empresa cria tijolo de construção sustentável

Empresa cria tijolo de construção sustentável

Na tentativa de frear o enorme desperdício de poeira de produção na Índia, o que gera diversos problemas ambientais no país. A empresa Rhino Machines em conjunto com o escritório de arquitetura R+D Studio, criaram o bloco de Plástico Sílico (SPB), um tijolo de construção sustentável. O material é feito de 80% de resíduos de areia/poeira de fundição e 20% de plástico misto.

Nos primeiros estágios do projeto, foi necessário o uso de poeira de fundição em tijolos de cinzas volantes ligadas por cimento e argila, dessa forma utilizando outros matérias, como cimento, solo fértil e água. Por conta da quantidade de produtos naturais utilizados o avanço das pesquisas levou a utilização do pó de areia e fundição de plástico, eliminando a água do produto.

Os SpBs, são até 2,5 vezes mais resistentes que os tijolos vermelhos, para produção e necessário 80% menos de produtos naturais. Segundo a empresa entre as vantagens da utilização no produto está a sua modelagem que também podem ser feitos como blocos de pavimentação, além de ser usados diretamente após resfriamento do processo de modelagem. A próxima etapa do projeto é apresentar uma solução ecossistêmica para que as fundições de todo o país possam desenvolver e distribuir os SPBs.

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *