Eletroplessão é tema do Saúde no Ar desta quarta-feira

Frequentemente, lemos nas páginas dos jornais notícias de pessoas que morrem eletrocutadas, em acidentes com fios elétricos soltos ou em acidentes domésticos, que chocam a comunidade. Neste carnaval, três músicos morreram eletrocutados num trio elétrico na Baixa Fluminense no Rio de Janeiro. A mesma coisa ocorreu com um cantor de trio no Pará.

Embora se costume chamar de eletrocução acidentes desse tipo, na verdade eletrocução  é a morte provocada na cadeira elétrica pela exposição do corpo a uma carga letal de energia elétrica, que já deixou de ser usada na maioria dos lugares onde existe pena de morte por causa de alguns incidentes em que, após o choque o condenado não havia morrido, causando imenso sofrimento.

A eletrocussão ocorrida de forma acidental recebe o nome específico de eletropressão. É sobre esse assunto que o programa Saúde no Ar vai falar nesta quarta-feira (25.02) a partir das 8 horas na Rádio Excelsior (AM 840). O entrevistado será o cirurgião Ivan Paiva, coordenador dos Serviços de Urgência e Emergência do Município, incluindo a Samu.

A entrevista que irá ao ar, com apresentação de Patrícia Tosta, falará sobre como ocorre a eletropessão, como precaver-se e como ajudar a uma pessoa em situação de risco. A entrevista poderá ser acompanhada também através do site www.portalsaudenoar.com.br ou pelo aplicativo Rádio Saúde no Ar. Quem quiser ouvir a entrevista mais tarde, deve entrar na nossa página principal, ir até a coluna Mídia, clicar em áudio e depois no  programa.

A.V.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.