E-Nova Educação:tecnologia aliada à gestão pedagógica

E-Nova Educação:tecnologia aliada à gestão pedagógica

lancamento-do-enova-educacao1


A Secretaria da Educação do Estado lançou nesta quarta-feira,4 , o projeto e-Nova Educação em parceria com o Google e o Governo do Estado, o lançamento ocorreu Instituto Anísio Teixeira (IAT).  Objetivo do projeto e levar tecnologias digitais para a sala de aula, com internet da alta velocidade  e dispositivos móveis  atualizados  ligado a redes, onde possa haver interação  entre aluno e professor.

Conta com o respaldo e o envolvimento de outras instituições educacionais, com o objetivo de potencializar o uso das tecnologias digitais e fortalecer o eixo pedagógico das escolas. Isto inclui, por exemplo, a formação de professores pela própria Google e, também, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e o Instituto Paramitas, por meio do curso on-line “Uso Pedagógico de Tecnologias Educacionais”, que beneficia mais de 23 mil professores e coordenadores pedagógicos do Estado, para a efetiva utilização das tecnologias da informação e da comunicação aplicadas ao contexto escolar e ao processo de ensino e aprendizagem nas diversas áreas do conhecimento. 

O evento contou com as participações do diretor internacional do Google for Education, Bran Bout, dos diretores para a América Latina, Rodrigo Pimentel e para o Brasil, Alexandre Campos Silva. Segundo Bran Bout, a parceria veio para mudar a forma de interação entre estudantes e educadores através do uso da tecnologia. 

Escola contextualizada – De acordo com o coordenador-geral de Articulação de Projetos para a Educação, da Secretaria da Educação do Estado, Rogério Quintella, o e-Nova Educação funciona levando para a escola aquilo que é a realidade do Século XXI. “Todos os grandes pedagogos sempre deixaram muito claro que, quanto mais contextualizada for a educação na vida do estudante, mais eficiente ela será. Então, o que a gente está fazendo é trazer aquilo que já é o contexto da vida dos alunos, e que eles já têm muita facilidade, que é a tecnologia, para dentro da sala de aula. A aplicação é muito prática, muito imediata e a gente entende que isso vai trazer resultados positivos a curto e médio prazo para os processos de ensino e aprendizado”, explicou Quintella.

Livro virtual – Entre os projetos apresentados no lançamento do e-Nova estava o livro virtual ‘Bahia, Brasil: identidade, trabalho e inovação’. A obra virtual, que possui ferramentas de acessibilidade, tem o objetivo de apoiar e motivar os professores a desenvolverem uma pedagogia baseada na realidade dos Territórios de Identidade da Bahia, seguindo a ideia da sala de aula contextualizada no século XXI.

 lancamento-do-enova-educacao8

 

 

O diretor do Google Education para a América Latina, Rodrigo Pimentel, destacou a importância da parceria para o sucesso do e-Nova. “Estamos presentes em, praticamente, todos os Estados, tanto em escolas privadas e públicas. Mas o projeto com mais força que a gente está fazendo é o da Bahia porque aqui encontramos essa abertura para a transformação, a mudança, o pensar diferente em tecnologia em sala de aula e para criar a cultura de inovação. Esses quatro pontos juntos estão fazendo a diferença. Estamos ajudando o Estado a criar uma cultura de inovação dentro da cultura própria do povo baiano. É uma combinação muito poderosa que vai servir de exemplo para o resto da América Latina e do resto do mundo. A forma que trabalhamos busca, primeiramente, entender qual a cultura local. Estamos super felizes porque o projeto tem a cara do povo baiano: inovador e criativo”, disse.

Informe publicitário!

principal 2.fw

 

 

 

 

Exemplo – O diretor da Google Education no Brasil, Alexandre Campos, também destacou a Bahia como um Estado que está à frente na visão de uma Educação contextualizada na inovação tecnológica. “Sem dúvida, quando nos deparamos com a evasão escolar e com estudantes que não veem no Ensino Médio o sonho de uma vida melhor, temos grandes desafios que os secretários de Educação precisam resolver. Neste sentido, o projeto na Bahia, certamente, servirá de exemplo para outros Estados do Brasil. O e-Nova está mostrando como a tecnologia pode, juntamente aos projetos pedagógicos e culturais da escola, potencializar o pensamento criativo dos alunos e a educação empreendedora”.

Redação Saúde no Ar

Fonte:  Ascom/SEC

Foto:internet

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *