Distanciamento de 1 ou 2 metros pode não bastar para evitar contágio da Covid-19

Distanciamento de 1 ou 2 metros pode não bastar para evitar contágio da Covid-19

De acordo com estudo da Universidade de Oxford e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT); o distanciamento físico de 1 ou 2 metros, medida preventiva recomendada pelas autoridades de saúde mundiais; pode não ser o suficiente para evitar o contagio e transmissão da Covid-19.

Segundo a pesquisa, que fez uma reanalise de dez estudos diferentes que analisavam a projeção horizontal; das gotículas respiratórias dos indivíduos se dispersavam através de tosses e espirros; podem cegar a 6m ou 8m.

O estudo também reitera importância de manter o ambiente arejado, com fluxo constante de ar natural (não apenas ventilação). Ainda de acordo com a pesquisa, o distanciamento físico deve ser visto apenas como uma parte de uma abordagem mais ampla de saúde pública para conter a pandemia covid-19.

Contudo, é precisa ser implementado juntamente com estratégias combinadas de gerenciamento de pessoas. Além do uso de equipamentos de proteção adequados. A exemplo das máscaras.

#Campanha Vidas Importam

Veja também: Vacina CoronaVac é segura para idosos, mas gera menor resposta imunológica

Covid-19: 244 médicos brasileiros morreram após contaminação

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *