Covid-19: Teste com vacina e Oxford é suspenso após reação adversa de paciente

Covid-19: Teste com vacina e Oxford é suspenso após reação adversa de paciente

De acordo com a farmacêutica AstraZeneca, os testes com a chamada vacina de Oxford foram suspensas temporariamente. A medida faz parte do protocolo de segurança dos testes; após um dos voluntários do Reino Unido apresentar reação adversa que pode estar vinculada à vacina.

Contudo, a empresa não divulgou detalhes sobre o caso. Porém, de acordo com o jornal “The New York Times” o paciente teve mielite transversa, uma síndrome inflamatória que afeta a medula espinhal. Apesar disso, a suspensão também vale para o Brasil, onde voluntários de São Paulo e Bahia participam dos testes.

De acordo com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), uma das responsáveis pelo estudo no país. A Unifesp informou que 5 mil voluntários brasileiros foram vacinados. Além disso, por meio de nota a empresa ressaltou que trabalha na revisão do caso do paciente.

“Em grandes ensaios, os eventos adversos acontecem por acaso, mas devem ser revistos de forma independente para verificar isso cuidadosamente. Estamos comprometidos com a segurança de nossos participantes e os mais altos padrões de conduta em nossos testes”, informou a farmacêutica.

A principio a vacina de Oxford/AstraZeneca é a principal aposta do Ministério da Saúde para imunizar a população. De acordo com o MS, Brasil prevê desembolsar R$ 1,9 bilhão.

Em nota a A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)esclareceu que, “A agência aguarda o envio de mais informações sobre os motivos da suspensão para analisar os dados e se pronunciar oficialmente”, informou a Anvisa.

#Campanha Vidas Importam

Veja também: Vacina CoronaVac é segura para idosos, mas gera menor resposta imunológica

Covid-19: 244 médicos brasileiros morreram após contaminação

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *