Cultura de Paz

Cultura de Paz

Geraldo Leite.

Desde seus primórdios, a Igreja, o Rotary Internacional. e a Fundação José Silveira lutam pela Paz.

A cultura da Paz, é um dos objetivos do Projeto “Versos de Liberdade”, da Fundação José Silveira, da “Casa Poema” (criada pela atriz e poetisa Elisa Lucinda) e do Escritório da OIT no Brasil, com o apoio da FUNDAC. Mais de 500 jovens estão envolvidos no projeto.

Em 23 de fevereiro de 1946, por feliz coincidência, o aniversário do Rotary Club da Bahia e o de Paul Harris, fundador do Rotary Internacional, foram comemorados no mesmo dia, cabendo ao Professor José Silveira saudar os aniversariantes.

O mérito maior de Paul Harris” — disse Silveira, em seu discurso –“foi a nítida compreensão do momento histórico que se vivia”. Estava-se no final da primeira década do século XX. Todos caminhavam para uma guerra envolvendo vários países.

Percebía-se isso, e num sentimento de autodefesa, a humanidade aceitou de coração aberto a doutrina do Rotary, que tinha como lema “dar de si sem pensar em si” e pregava a paz, a compreensão entre os povos, a filantropia e o altruísmo.

Daí a rápida difusão dos Rotary Clubs,..

É certo que que essa expansão não foi suficiente para evitar o segundo conflito de proporção mundial, mas, apesar disso, continuamos avançando na eterna busca da paz e da compreensão entre os homens.

A Fundação José Silveira tem muito orgulho em participar desse movimento…

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *