Biden denuncia 'crimes de guerra graves' na Ucrânia

Biden denuncia 'crimes de guerra graves' na Ucrânia
Joe Biden, presidente americano, qualificou nesta quarta-feira (6) como “crimes de guerra graves”; o massacre de civis ucranianos supostamente pelas mãos de tropas russas na cidade de Bucha.

De acordo com ele, “Tenho certeza que vocês viram as imagens de Bucha, nos arredores de Kiev: corpos deixados nas ruas quando as tropas russas se retiraram, alguns com tiros na parte posterior da cabeça e as mãos amarradas atrás das costas”, disse Biden em um ato sindical. “O que está acontecendo não é outra coisa senão crimes de guerra graves”, disse.

Segundo o Tribunal Penal Internacional de Haia crimes de guerra são “violações graves” das Convenções de Genebra pós-2ª Guerra; que estabelecem leis humanitárias a serem seguidas em tempo de guerra. Atacar alvos militares legítimos em que as baixas civis seriam “excessivas” também viola as convenções.

“Civis executados a sangue frio, corpos jogados em valas comuns, a brutalidade e a falta de humanidade foram vistos por todo o mundo, não tem desculpa”. “O que está acontecendo são crimes de guerra graves”, afirmou.

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.