Após determinação da Justiça, marido de paciente com coronavírus no DF faz exame

Após determinação da Justiça, marido de paciente com coronavírus no DF faz exame

Atendendo um pedido da 8ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal,  a  juíza Raquel Mundim Moraes Oliveira Barbosa, da  , atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral do DF e determinou que o marido da moradora de Brasília  com coronavírus faça teste e fique em quarentena domiciliar até o resultado.  A Secretaria de Saúde informou que o exame foi realizado em rede particular e o resultado está previsto para ser divulgado ainda nesta terça-feira.
A mulher, de 52 anos, está em estado grave internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) desde sexta-feira. Na decisão, a juíza afirma que, “em uma situação como o surto do coronavírus, há, de fato, um conflito entre o direito coletivo da sociedade à saúde pública, o dever do Estado de proteger a população e o direito à autodeterminação do cidadão, que, em tese, poderia optar por se submeter ou não a um tratamento médico ou por realizar ou não exames”.

No pedido, a procuradoria justificou que o marido se recusava a atender a determinação da Secretaria de Saúde do DF para a realização de exames.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal ontem, a paciente  ainda conta com “suporte ventilatório e hemodinâmico”, ou seja, aparelhos a ajudam na respiração e circulação do sangue. Ela viajou pela Inglaterra e a Suíça. Além do novo coronavírus, a paciente tem um quadro de “comorbidades”, ou seja, outras doenças que, agravam o quadro clínico.

 

 

 

 

 

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saúde no Ar