Anvisa deve liberar teste da Butanvac em humanos até terça-feira

Anvisa deve liberar teste da Butanvac em humanos até terça-feira
Por meio de nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu até esta terça-feira, 8, para liberar ou não o Instituto Butantan dar início às fases 1, 2 e 3 da Butanvac, vacina nacional que está sendo desenvolvida pelo instituo.

Dessa forma, em outubro a vacina contra Covid desenvolvida pelo Butantan já poderá ser aplicada. As pesquisas começaram em março de 2020.  Além disso, a vacina Butanvac vai utilizar a mesma tecnologia da vacina contra a gripe, que também tem fabricação pelo Instituto Butantan. A capacidade de produção pode chegar a 100 milhões por ano.

Mais de 7 milhões de doses do imunizante já estão prontos. De acordo com Dimas Covas, diretor do instituto, a ButanVac deve estar disponível no segundo semestre de 2022.

Anteriormente, durante cerimônia nesta terça-feira (1) em Brasília; o Ministério da Saúde fechou contrato de transferência de tecnologia da Astrazeneca para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); dessa forma, a assinatura do documento permitirá que a fundação produza em território nacional o insumo da vacina contra Covid-19.

Assim, a produção nacional do insumo, o IFA, permitirá ao Brasil acelerar o processo de imunização da população; além disso, garantirá mais independência no processo de vacinação. De acordo com a Fiocruz, as doses produzidas a partir do IFA brasileiro devem ficar prontas em outubro.

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Vacinação: Brasil segue em 64º no ranking global e 4º em doses totais

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *