Transtornos do comportamento alimentar: tipos, características , implicações nutricionais e à saúde

Transtornos do comportamento alimentar: tipos, características , implicações nutricionais e à saúde

Olá, meu nome é Lorenna Fracalossi, sou nutricionista formada pela UFBA, com especialização em Nutrição clínica e especialização em Educação na Saúde. Tenho experiência no tratamento da obesidade e do diabetes. E Hoje falarei sobre Transtornos do comportamento alimentar .

Esse é um tema que merece uma atenção especial. Os transtornos alimentares são quadros psiquiátricos caracterizados por profundas alterações no comportamento alimentar, como a redução extrema ou consumo excessivo de alimentos, disfunções no controle do peso e na forma corporal, que levam a sérios prejuízos clínicos, psicológicos e de convívio social. As duas principais manifestações de transtorno alimentar são a Bulimia e Anorexia Nervosa.

A Bulimia Nervosa é caracterizada por episódios recorrentes de compulsão alimentar seguidos por comportamentos compensatórios como, por exemplo, a provocação de vômitos, além da prática de atividade física até a exaustão, fazer jejum e uso de laxantes e diuréticos, como forma de se livrar das calorias ingeridas a qualquer custo. Esse tipo de distúrbio provoca uma série de conseqüências negativas ao corpo como refluxo gástrico, inflamação crônica de garganta, desgaste do esmalte dentário e dentes sensíveis, além de irritação intestinal pelo uso crônico de laxantes.

Quanto à anorexia nervosa, sua característica principal é a perda excessiva e intencional de peso, que leva a um intenso emagrecimento. O indivíduo tem preocupação exagerada com o peso corporal. A pessoa se olha no espelho e, embora esteja extremamente magra, se enxerga obesa. Com medo de engordar, exagera na atividade física, recusa em participar das refeições familiares, fazem jejum intermináveis ou reduzem drasticamente a quantidade de alimentos por dia, além do uso indiscriminado de laxantes e diuréticos.

Esse tipo de comportamento pode levar a desnutrição, anemia, hipotermia, inibição do ciclo menstrual e gastrite.

Uma vez identificado o transtorno alimentar, portadores de bulimia ou anorexia  precisam de acompanhamento de uma equipe multidisciplinar constituída por profissionais especializados, como clínico, psiquiatra, psicólogo e nutricionista, além da participação da família, pois ele precisa sentir que não está sozinho!

Finalizo, com a sensação de ter contribuído para você ouvinte saber um pouco mais sobre esse tema.

Nome completo: Lorenna Marques Fracalossi
Graduação em Nutrição pela Universidade Federal da Bahia; Especialização em Educação na Saúde para Preceptores do SUS pelo Hospital Sírio –Libanês; Especialização em Nutrição Clínica pela Universidade Gama Filho. Membro da Associação Brasileira para Estudo da Obesidade (ABESO). Nutricionista do ambulatório de Obesidade do CEDEBA (Centro de Referência em Diabetes e Doenças Endócrinas)  . Ex membro da diretoria do Conselho Regional de Nutrição (CRN5), gestão 2011-2014

Desde o ano de 2017 a Escola de Nutrição/UFBA,desenvolve o projeto de Extensão,“Nutrição, ambiente e saúde no ar: comunicação em saúde e cidadania”, sob a coordenação da Professora Ma.Neuza Maria Miranda dos Santos e colaboração da aluna bolsista do projeto Permanecer, Marianna Menezes Santos. Para participar do Projeto que tem como objetivo apresentar e discutir temas de saúde, em seu conceito ampliado, além de difundir informações científicas sobre nutrição, alimentação saudável e qualidade de vida, basta enviar perguntas ou sugestões de temas.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *