Suicídio em gestantes e pós-parto

Suicídio em gestantes e pós-parto

pregnant-woman-1130612_640O Serviço de Psicologia da Maternidade Prof. José Maria de Magalhães Netto, administrada pelo Instituto Hygia, capacitou seus profissionais para identificar e conduzir uma situação de risco, em pacientes com quadros suicidas.

Nos últimos dois meses, nove pacientes da unidade relataram pensamentos do tipo, sendo que destas, quatro tentaram, de fato, tirar a própria vida. Além disso, um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revelou que mais de 20 mil brasileiras entre 6 e 18 meses após o parto, apresentam sintomas da depressão.

A psicóloga sênior da unidade, Marianna Medrado, destacou que o trabalho assistencial humano e o acompanhamento psicológico com intervenções qualificadas geram resultado eficiente para prevenir casos mais graves em pacientes com diagnóstico de depressão ou psicose puerperal.

“Debater este tema é de extrema importância para toda a equipe assistencial, pois entendemos que todos lidam com paciente em estado de fragilidade emocional. E uma condução assertiva faz toda a diferença no tratamento e apoio a essa paciente e aos familiares”, explica Marianna.

Setembro Amarelo – A campanha do Ministério da Saúde, “Setembro Amarelo”, ocorre desde 2015, com objetivo de prevenir o suicídio e alertar a população sobre a realidade no Brasil e as formas de evitar.

Diversas unidades de saúde, órgãos públicos e Organizações Não-Governamentais (ONGs) aderiram à iniciativa por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela. Em Salvador, o Elevador Lacerda e o Forte São Marcelo – dois grandes cartões postais da cidade – foram iluminados em referência à campanha.

WhatsApp Image 2017-09-28 at 09.06.18 (1)Para tratar desse assunto, a convidada foi a psicóloga Marianna Medrado.

Sintonize seu rádio às 8h na Rede Excelsior de Comunicação AM 840 e participe. Ligue para o telefone (71) 3328-7666 ou envie uma mensagem para o whatsapp (71) 99681-3998.

 

Ouça áudio na íntegra:

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *