São Paulo confirma primeira morte por dengue este ano

Em comunicação a  Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo confirmou a primeira morte por dengue na capital paulista este ano. A paciente era uma mulher de 47 anos de idade, moradora da região de Casa Verde/Cachoeirinha, zona norte.

De acordo com prefeitura local, a paciente apresentava comorbidades. A mulher começou a manifestar sintomas da doença em 16 de janeiro e faleceu oito dias depois, no dia 24. O caso estava sob investigação epidemiológica e teve a confirmação nesta quinta-feira (27).

Em nota, a secretaria informou que quando há um caso suspeito de dengue, as equipes analisam exames laboratoriais, relatórios clínicos, aspectos epidemiológicos e o atestado de óbito. O procedimento segue orientações do Ministério da Saúde.

Caso as equipes também julguem necessário, podem, adicionalmente, realizar entrevistas com familiares e outras pessoas do círculo social dos pacientes para levantar informações. Depois disso, o caso é discutido entre a equipe de epidemiologistas da SMS e da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que chegam a uma conclusão sobre a causa de morte.

Na Bahia, a Secretária de Saúde do Estado da Bahia (Sesa), informou no seu último boletim epidemiológico publicado no início de abril, o estado registrou 24.589 casos suspeitos de Dengue em 344 municípios. Desses, 7.355 casos descartados (29,9%) e 17.234 considerados prováveis.  Entre os prováveis, 7.502 casos tiveram confirmação como Dengue (43,5%), 6.923 permanecem em investigação (40,2%). 2.555 como inconclusivo (14,8%), 226 identificados por Dengue com Sinais de Alarme (1,3%). Bem como, 28 como Dengue Grave (0,2%), 04 óbitos confirmados pela Câmara Técnica Estadual de Análise do óbito ou por critério laboratorial . A taxa de letalidade por dengue é de 1,6%.

 

 

Campanha Vidas Importam

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe