PF deflagra maior ação de combate a fraudes contra benefícios emergenciais

PF deflagra maior ação de combate a fraudes contra benefícios emergenciais
Em nova operação, a Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira, 18, a Operação Terceira Parcela em combate a fraudes no auxílio emergencial pago pelo Governo Federal nos estados da Bahia, Minas Gerais, Tocantins e Paraíba.

De acordo com a PF, no estado de Minas Gerais, houve o cumprimento de 66 mandados de busca e apreensão; bem como em Belo Horizonte e outros 38 municípios. Dessa forma, na Bahia, Tocantins e Paraíba foram 7 mandados de busca e apreensão.

A operação faz parte de ação conjunta entre os órgãos; Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania; bem como a Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, que participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE).

Além disso, a operação teve o objetivo de identificar fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas voltadas ao cometimento deste tipo de delito. Contudo, na primeira etapa da investigação; os alvos recebiam valores obtidos com o desvio de auxílios emergenciais.

De acordo com o órgão pretende-se, assim, desestruturar ações que causam prejuízo ao programa assistencial e, por consequência, atingem a parcela da população que necessita desses valores.

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Nova ferramenta Oxford: Etnia e pobreza são fatores de risco da Covid

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *