Pesquisador da Fiocruz recebe maior prêmio científico do Brasil

Pesquisador da Fiocruz recebe maior prêmio científico do Brasil

samuel_goldemberg_fiopr_interna1

O prêmio Almirante Álvaro Alberto foi concedido ao pesquisador Samuel Goldenberg, diretor do Instituto Carlos Chagas (ICC/Fiocruz Paraná). Considerada a mais importante honraria em ciência e tecnologia do país, a homenagem é concedida anualmente pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Fundação Conrado Wessel e a Marinha do Brasil.

O prêmio reconhece uma carreira de mais de 40 anos, sendo 35 destes passados na Fiocruz. Goldenberg coordenou a instalação da Fiocruz no Paraná e também dirigiu o Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP). Sua área de atuação é a biologia molecular, com ênfase em estudos sobre Trypanosoma cruzi, o agente da doença de Chagas. Seus estudos levaram ao desenvolvimento da primeira patente internacional da Fiocruz, um kit diagnóstico para doença de chagas, em 1990.

Em seu discurso de agradecimento na cerimônia realizada na Escola Naval, no Rio de Janeiro, o biólogo agradeceu à instituição onde passou a maior parte de sua trajetória profissional. “A Fiocruz proporcionou as condições para que os eventos que me trouxeram até aqui fossem possíveis. Ela me ensinou, e ensina a todos os seus servidores, a importância dos valores democráticos, assim como a sermos melhores cidadãos, pois temos como foco e prioridade trabalhar em função desse grande programa que é o SUS. Ela incute nos servidores aquilo que chamamos de ‘orgulho de ser Fiocruz’”, disse.

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *