Oito hospitais da Bahia são selecionados em projeto do MS para reduzir infecção hospitalar em UTI

Oito hospitais da Bahia são selecionados em projeto do MS para reduzir infecção hospitalar em UTI

Para participar do novo projeto do governo federal, com o objetivo de reduzir em pelo menos 30% as infecções hospitalares nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de unidades do Sistema Único de Saúde (SUS).  Dos 204 hospitais selecionados em todo o país, a Bahia teve oito hospitais públicos selecionados para o “Projeto Saúde em Nossas Mãos”.

De acordo com o governo, o programa prevê que durante os próximos 24 meses, os hospitais selecionados aprendam a se organizar em rede, trabalhar de forma integrada; bem como ouvir, inovar e trocar experiências com seus pares. Assim, serão compostas equipes multidisciplinares nas diferentes áreas de interesse em torno da UTI, e haverá a definição de líderes de projeto em cada hospital.

Além disso, as unidades receberão suporte técnico, educativo e metodológico para aprimorar as práticas de segurança pelos hospitais do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS), informou o Ministério da Saúde.

Dessa forma, conforme publicação do MS, na Bahia as unidades participantes estão localizadas em seis municípios. Hospital do Oeste, em Barreiras; o Clériston Andrade, em Feira de Santana; Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana; Calixto Midlej Filho, em Itabuna; bem como Hospital Manoel Novaes, em Itabuna; Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas; Martagão Gesteira, em Salvador; e o Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista.

 

 

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *