O transplante pioneiro de coração e timo salva bebê nos EUA e pode revolucionar medicina

O transplante pioneiro de coração e timo salva bebê nos EUA e pode revolucionar medicina

De acordo com médicos dos Estados Unidos dizem que um bebê chamado Easton fez história na medicina ao se tornar a primeira pessoa no mundo a receber um transplante combinado de coração e timo.

Assim, os médicos envolvidos no procedimento pioneiro, esperam que também possa revolucionar a área de transplantes de órgãos. Desse modo, o tecido de timo doado deve ajudar a impedir que seu corpo rejeite o novo coração.

Os médicos revelam que o tecido do timo está funcionando; o que significa que o corpo do pequeno está construindo células imunológicas vitais que podem reduzir ou até eliminar a necessidade de ele tomar medicamentos imunossupressores (que evitam a rejeição do órgão transplantado) ao longo da vida.

“Estamos muito animados. Este conceito de tolerância sempre foi o santo graal dos transplantes; e agora estamos bem na porta”, afirmou um dos médicos de Easton, Joseph Turek, do Duke University Hospital, na Carolina do Norte, nos EUA.

O timo é uma glândula que ajuda o desenvolvimento de células T, que combatem substâncias estranhas no corpo. Além disso, os especialistas acreditam que oferecer a Easton o tecido de timo cultivado do mesmo doador que deu a ele um coração deve ajudar seu corpo a adotar os novos tecidos.

O pequeno transplantando de apenas sete meses, precisou ser submetido a várias cirurgias cardíacas; assim como a tratamento para infecções recorrentes que seu corpo não conseguia combater sozinho.

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.