O que é o belo?

O que é o belo?

beleza

No quadro “Viva Bem”, o filósofo Neilton Barbosa, fala sobre a beleza e cita, o também filósofo, Immanuel Kant.  Barbosa, pergunta: A beleza está nos olhos de quem vê ou da relação de quem vê e das coisas que são vistas? O que você acha e como a valia o belo?

Já no século XVIII, ao refletir sobre esse tema, Kant adotou uma nova perspectiva, apresentando a seguinte definição: belo é o que agrada universalmente, sem depender de um interesse ou de um conceito. Para esse filósofo, a beleza era um dado objetivo – presente nos próprios objetos como um atributo destes – e o gosto era a faculdade humana de julgar esse dado. Segundo ele, tais julgamentos, denominados juízos de gosto, não eram lógicos, mas estéticos, ou seja, sensíveis e subjetivos. Diferentemente dos juízos de conhecimento, os de gosto não eram teóricos, nem práticos, tampouco dependiam de conceitos: eram apenas contemplativos. Isso quer dizer que nenhum modelo ou norma poderia ser utilizado para determinar previamente o que é belo e o que não o é.

Ouça o comentário completo do filósofo Neilton Barbosa, no áudio abaixo:

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *