'O Mais Médicos deixou de ser uma política de governo e passou a ser uma política de Estado'

'O Mais Médicos deixou de ser uma política de governo e passou a ser uma política de Estado'

maismedicos

Lançado em julho de 2013, o Programa Mais Médicos completa dois anos. Durante este período ocorrerão  resultados importantes, como  e a abertura de novos cursos de medicina e a ampliação do atendimento básico de saúde para mais de 60 milhões de brasileiros.

Em entrevista ao site Saúde Popular, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, comentou o programa que, para ele, “deixou de ser uma política de governo e passou a ser uma política de Estado e do SUS”.

O ministro também falou sobre as críticas e manifestações contrárias ao programa, como o projeto de decreto legislativo (PDS 33/2015) apresentado pelos senadores  Aloysio Nunes (PSDB-SP) e Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e , com o intuito de sustar o acordo que viabilizou o ingresso de profissionais cubanos no Mais Médicos.

“A única coisa que esse decreto legislativo poderia obter seria a exclusão de milhões de brasileiros do acesso digno à saúde nos locais mais pobres do país. Mais uma vez, o PSDB faz oposição ao Brasil para prejudicar o PT e o nosso governo”, disse.

Fonte: Saúde Popular

JR

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *