Mobilização alerta para riscos da automedicação

Mobilização alerta para riscos da automedicação

Durante a Semana Mundial de Conscientização Microbiana; que inicia nesta quinta-feira (18). O evento segue até o dia 24; alertando contra prática que dificultam o combate a bactérias; bem como de vírus e parasitas.

De acordo com a Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp); a automedicação com antibióticos pode fortalecer bactérias, favorecendo infecções cada vez mais resistentes a remédios. As infecções de bactérias muito resistentes são mais comuns e preocupantes.

Além disso, dados da Organização das Nações Unidas (ONU), relativos a 2019, a cada ano 700 mil pessoas morrem por esse tipo de infecção. Do mesmo modo, esperasse que até 2050, a estimativa esse problema leve a óbito 10 milhões de pessoas.

Entidades alertam que, 90% dos casos de rinosinusites são causados por vírus e não demandam o uso de antibiótico para o tratamento.

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *