Menina de 11 anos cria caneca adaptada para o avô com Parkinson e consegue financiamento coletivo no Kickstarter

Menina de 11 anos cria caneca adaptada para o avô com Parkinson e consegue financiamento coletivo no Kickstarter

 

 

Lily Born, uma garota de 11 anos, conseguiu um financiamento através do Kickstarter para produzir um modelo de caneca muito especial: ela tem perninhas que fazem com que a caneca entorne com mais dificuldade. A ideia surgiu  para ajudar seu avô, doente de Parkinson.

 Lily percebeu que poderia conseguir fazer com que seu avô segurasse com mais firmeza a caneca – ela começou por usar copos e canecas da própria casa, juntando-os com plásticos maleáveis, e assim fez nascer o  Kangaro Cups.

A ideia era tão boa que a menina resolveu tentar um financiamento coletivo para produzir o produto em maior escala e o resultado foi o esperado – ela conseguiu! Exceto por uma coisa: as canecas eram de porcelana, ou seja, um material não muito seguro e recomendado para alguém com Parkinson ou alguma outra dificuldade motora, por conta da facilidade em quebrar.

Mas Lily, mostrando uma maturidade excepcional, não se conteve em saber que o produto não era 100% eficaz. Foi então que, com ajuda de profissioanis, ela desenvolveu um modelo feito de plástico, o que torna o produto muito mais eficiente e inquebrável. Além disso, Lily fez as perninhas um pouco maiores, para não precisar de apoio para a caneca e facilitando a tarefa caso elas precisem ser empilhadas, ocupando menos espaço.

Resultado: faltando ainda um mês para finalizar o segundo financiamento no Kickstarter, ela já atingiu (com folga!) o valor estipulado no começo do projeto ($ 25,000), ou seja, todos querem e acreditam no produto.

A jovem estudante, graças ao financiamento coletivo, está conseguindo realizar o sonho de empreender e ajudar muitas pessoas, pois na sua escola ela não recebeu o mesmo apoio quando mostrou a ideia (infelizmente essa é uma realidade em grande parte das escolas no mundo, tudo que foge do escopo ‘normal’ da escola não é tão bem visto pelas instituições).

 Lily ainda deixa um conselho muito valioso para todas as crianças e adultos que têm algo em mente e não sabem como colocar em prática: não tenha medo de pedir ajuda.

Fonte: Vicente Carvalho, Hypeness

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.