Medicamento para tuberculose da Fiocruz se torna referência

Medicamento para tuberculose da Fiocruz se torna referência

A Anvisa  tem avaliado a capacidade de laboratórios com produtos já registrados serem candidatos a referência em medicamentos para doenças negligenciadas, como, por exemplo, tuberculose, malária e esquistossomose. A fabricação de medicamentos para as citadas doenças é limitada porque não geram lucros para as grandes indústrias por ter baixo custo.

A entidade regulatória tem o objetivo de  criar parâmetros de segurança e qualidade para as formulações voltadas para essas enfermidades.

A Anvisa incluiu o Isoniazida 100 mg, utilizada no tratamento contra a tuberculose, na lista de medicamentos de referencia. Fabricada  pelo Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz) , a  medicação  atendeu todos critérios técnicos definidos na legislação sanitária, cujas segurança e qualidade foram comprovadas cientificamente.

“Na prática, como o próprio nome pressupõe, este medicamento torna-se o referencial para os demais laboratórios que desejam registrá-lo ou realizar adequações e alterações em seu registro, que requeiram comprovação de segurança e eficácia por meio de estudos de bioequivalência. Ou seja, os demais medicamentos Isoniazida 100mg devem ser comparados à formulação de Farmanguinhos”, explica Soraya Mileti, responsável pela Assistência de Assuntos Regulatórios da unidade.

Segundo a coordenadora de Desenvolvimento Tecnológico de Farmanguinhos, Alessandra Esteves, a alta complexidade do processo de desenvolvimento da Isoniazida reitera o potencial tecnológico da instituição. Graças ao desempenho de uma equipe multidisciplinar altamente qualificada o Instituto pode também atuar diretamente nas melhorias da política de saúde pública brasileira.

Fonte: Agencia Fiocruz

 

 

Colabore com o Saúde no ar para continuarmos com o nosso propósito, saiba como.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *