Maioria dos estados brasileiros decide reabrir escolas para aulas presenciais

Maioria dos estados brasileiros decide reabrir escolas para aulas presenciais

A partir de agora, apenas três estados brasileiros não terão aulas presenciais nas redes de ensino estaduais em agosto. Dessa forma, esta será a primeira vez desde a interrupção do ano letivo em 2020 por conta da pandemia do novo coronavírus.

No Rio Grande do Norte, a retomada começou na última segunda-feira, 19, com professores e servidores. Na Bahia a previsão do Governo estadual é que as aulas comecem na próxima segunda-feira dia 26 de julho.

De acordo com o Ministério da Educação, houve mais de 16 meses sem aulas presencias; os estudos aconteceram de forma remota o que prejudicou o aprendizado de muitos estudantes. O Brasil foi um dos países com maior tempo de escolas fechadas durante a pandemia; assim o país, vive movimento inédito da retomada presencial do ensino em todas as regiões, com o avanço da vacinação dos profissionais de educação e a queda de casos de covid-19 no país, 24 unidades da federação receberão os alunos em suas escolas no próximo mês. Em maio, apenas 12 tinham retomado as aulas presenciais na rede pública.

Dessa forma, em toda a Bahia, as atividades acontecerão em formato híbrido, com retorno programado para ocorrer com as turmas divididas pela metade; para seguir o protocolo de manter 50% da capacidade das salas de aula.

Contudo, nas escolas municipais, que têm o ensino fundamental e infantil, as aulas semipresenciais retornaram no dia 5 de julho, em formato híbrido. E as unidades particulares da capital retornaram às atividades também em formato híbrido no dia 6 de julho.

Campanha Vidas Importam 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *