Infogripe alerta para vírus respiratórios que volta a afetar crianças

Novo boletim divulgado pela Fundação Oswald Cruz (Fiocruz); Infogripe, acende alerta para o reaparecimento de outros vírus respiratórios. De acordo com o resumo do documento, similar a covid os vírus também têm gerado quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Contudo, afeta em sua maioria crianças de 9 anos de idade.

Os novos alertas da fundação é direcionado ao Bocavírus e para as Parainfluenza 3 e 4; bem como o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) e do Rinovírus. Em crianças de até 9 anos de idade, os casos semanais de SRAG se estabilizaram em um patamar elevado, entre 1.000 e 1.200, próximo ao pico de julho de 2020.

O Vírus

A SRAG é uma complicação respiratória associada muitas ao agravamento de alguma infecção viral. Dessa forma, o paciente pode apresentar desconforto respiratório; bem como queda no nível de saturação de oxigênio, entre outros sintomas. Por outro lado, diferente do seu efeito em crianças de até 9 anos, o patamar atual dos casos de SRAG representa os menores valores desde o início da pandemia no país para as demais faixas de idade.

 

Infogripe

A analise levou em conta notificações registradas no Sivep-gripe; sistema de informação mantido pelo Ministério de Saúde e alimentado por estados e municípios. em 2020 houve registro de 39,4 mil casos de SRAG. Contudo, até 28 de outubro de 2021 há registro de 584.176, dos quais 54,8% tiveram resultado laboratorial indicando presença de algum vírus respiratório.

Além disso, entre as 27 capitais, dez registram sinal moderado ou forte de crescimento na tendência de longo prazo: Alagoas, Amapá, Ceará, Espírito Santo, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima e Sergipe. Veja relatório na íntegra .

 

 

 

Campanha Vidas Importam

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.