Ikigai: Caminho para viver melhor

Ikigai: Caminho para viver melhor

beach-yoga

Estudos ainda preliminares indicam que pessoas que sabem o que querem e têm um maior senso de propósito na vida têm um risco menor de doenças cardiovasculares e de morte por qualquer causa. A  descoberta foi divulgada pela equipe dos médicos Randy Cohen e Alan Rozanski no Journal of Medicine Biobehavioral.  Os  mecanismos por trás dessa associação ainda não estão claros, mas os resultados sugerem que estratégias para reforçar um senso de propósito, de ideais e objetivos na vida, podem melhorar a saúde geral das pessoas.

Usando a técnica da meta-análise, a equipe rastreou dados de mais de 136.000 participantes principalmente nos EUA e no Japão.Os estudos norte-americanos avaliaram um senso de propósito ou significado na vida, ou "utilidade para os outros". Os estudos japoneses avaliaram o conceito de ikigai, que pode ser traduzido como "uma vida digna de ser vivida".

Os voluntários foram acompanhados por uma média de sete anos. Durante esse tempo, cerca de 14.500 participantes morreram de variadas causas, enquanto pouco mais de 4.000 sofreram eventos cardiovasculares.

A análise mostrou que a morte e os eventos cardiovasculares afetaram menos as pessoas com um alto senso de propósito na vida. Após o ajuste para outros fatores, a mortalidade foi de cerca de um quinto menor para as pessoas que afirmavam ter ideais de vida ou ikigai.

Redação Saúde no Ar*

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.