Hábito de trair é passada de pai para filho, diz pesquisa

Hábito de trair é passada de pai para filho, diz pesquisa

traicaoA tendência à traição por parte dos homens pode  ser um fator hereditário, ou seja, passada de pai para filho, é o que aponta uma pesquisa realizada na Charles University, na República Tcheca.

O estudo contou com 86 casais, entre homens e mulheres, que foram questionados sobre relacionamento, sexo, histórico de traição na família e sobre suas próprias infidelidades.

Resultados mostram que apesar de comum em ambos os sexos, apenas a figura paterna determina esse tipo de comportamento, passado para os filhos homens, no entanto, as mulheres não são afetadas pelas possíveis traições da mãe, revela ainda o estudo.

Segundo ainda a pesquisa, os homens traem pela aventura do “novo”. Já entre as mulheres, a tendência a traição ocorre somente quando a relação não vai bem.

Fonte: Vila Mulher

L.O.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *