Governo federal e estadual entregam três alas indígenas em hospitais no Pará

Governo federal e estadual entregam três alas indígenas em hospitais no Pará

Após criar  as alas indígenas em Manaus e Macapá, o Governo Federal participou do lançamento de mais três alas específicas para indígenas em hospitais no  estado do Pará.

Em parceria com o Governo do Estado do Pará, o Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena, proporciona a oferta de mais 70 leitos exclusivos para povos indígenas atendidos pelos Distritos Especiais Indígenas Guamá- Tocantins, Rio Tapajós, Kayapó do Pará e Altamira.

No total a população aldeada de cerca de 40 mil indígenas será beneficiada com a iniciativa.

“As alas exclusivas são importantes no atendimento aos povos indígenas para que se garanta o respeito à medicina tradicional destes povos e também o respeito à cultura de cada povo. O esforço do Governo do Brasil é para atender a todos os brasileiros sem deixar ninguém para trás” explicou Robson Santos da Silva, Secretário Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, que representou o Ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, na entrega das alas.

Em Belém, onde há maior fluxo de pacientes indígenas encaminhados para tratamento especializado, há 50 leitos disponíveis na ala indígena.

Em Marabá, são 10 leitos exclusivos para pacientes indígenas e em Santarém serão mais 10 leitos.

 

A abertura das alas indígenas garante que mais leitos estarão disponíveis para receber pacientes indígenas que apresentem quadros mais graves da COVID-19, desafogando os hospitais municipais e estaduais envolvidos no combate à pandemia.

Fonte: MS

 

 

Colabore com o Saúde no ar para continuarmos com o nosso propósito, saiba como. 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *