Estudo analisa consequências da covid-19 após 6 meses de alta hospitalar

Estudo analisa consequências da covid-19 após 6 meses de alta hospitalar
Segundo nova pesquisa publicada na revista cientifica The Lancet; os pacientes que foram internados por Covid-19, 76% apresentaram sintomas e sequelas da doença seis meses depois da alta.

De acordo com a pesquisa “As sequelas a longo prazo da Covid-19 continuam incertas”. Segundo os cientistas o objetivo do estudo é identificar esses sintomas pós Covid-19. Dessa forma, tentar identificar suas sequelas, pessoas que se recuperaram de casos mais graves da doença são o público-alvo das pesquisas.

O estudo aconteceu utilizando o modelo que analisa um conjunto de pessoas com fatores em comum; ou seja, pacientes que receberam alta após se recuperaram da Covid-19 entre 7 de janeiro e 29 de maio de 2020 no Hospital Jin Yin-Tan, em Wuhan, na China.

Dessa forma, o estudo aplicou questionário de avaliação dos sintomas e qualidade de vida dos pacientes; bem como exames físicos e um teste que pedia que o paciente andasse por seis minutos.  Entre os sintomas mais comuns, fadiga ou fraqueza nos músculos acabou sendo o mais comum relatado em 63% dos 1.655 entrevistados. Já sinais de ansiedade ou depressão foram informados por 23% dos participantes analisados.

“O acompanhamento persistente de pacientes que receberam alta com Covid-19 é necessário e essencial, não só para entender a associação entre doenças extrapulmonares e infecção por SARS-CoV-2, mas também para encontrar maneiras de reduzir a morbidade e mortalidade”, concluem os pesquisadores.

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Crise de oxigênio em Manaus

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *