Estudante cria equipamento com chip para alimentar animais

caesUm projeto, que inclui um comedouro e um bebedouro, que liberam comida e água para cães e gatos, por meio de mensagem de celular, foi criado pelo estudante do curso de engenharia civil da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), André Machado, em Petrolina, no Sertão pernambucano.

Os equipamentos foram criados a partir de um trabalho da faculdade e demoraram aproximadamente três meses para ficarem prontos e segundo André, ele uniu o útil ao agradável.

“Aproveitei o trabalho da faculdade para ajudar com a situação aqui em casa. Tenho três cachorros e muitas vezes minhas filhas deixavam de viajar por causa da alimentação deles” conta.

Os protótipos funcionam por intermédio de um chip comum de celular. “Eles são acionados através de mensagem de texto enviada de qualquer tipo de aparelho. Com um toque você aciona as máquinas e a ração e a água são liberadas” explica o criador dos equipamentos. A tigela do bebedouro é acionada por sensor, e, quando a água chega ao limite o abastecimento é suspenso.

André já patenteou o projeto e agora está à procura de uma empresa para produzir o equipamento e atender ao mercado com um modelo que traga um designer mais arrojado. O veterinário Flávio Ramos aprovou a ideia, “O mercado Pet pede esse tipo de equipamento há algum tempo. Vai ajudar na questão de alimentação correta quando os donos não estiverem em casa e até na nutrição mais adequada desses animais”, afirmou.

Fonte:G1

A.V.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.