Entidades publicam cartilha para ajuda a identificar atrasos no desenvolvimento infantil

Parceria entre a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Paraibana de Pediatria (SPP), lançou nesta segunda-feira (26) a Cartilha de Desenvolvimento  – dois meses a cinco anos. Elaborado pelo Centers of Disease Control and Prevention (CDC), dos Estados Unidos, pediatras da SBP traduziram para o português e apresenta um programa que visa auxiliar na identificação precoce de atrasos do neurodesenvolvimento.

De acordo com a presidente do Departamento Científico de Desenvolvimento e Comportamento da SBP, Liubiana Arantes de Araújo, a cartilha busca informar as equipes de saúde e de educação. Bem como pais e outras pessoas que lidam com crianças, a respeito dos marcos de desenvolvimento esperados para cada idade. Dessa forma, entendendo o que esperar para cada idade, as pessoas poderão, estimular a criança. Se detectarem algum atraso, poderão agir o mais cedo possível.

Contudo, apesar da elaboração ocorrer nos Estados Unidos, a questão dos marcos do desenvolvimento ocorre para crianças de diversas regiões do mundo.

A publicação que conta com 28 páginas, divide-se em 12 seções representativas das diferentes faixas etárias da criança: aos 2, 4, 6, 9,12, 15 e 18 meses, além de 2 anos, 30 meses, 3, 4 e 5 anos.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe