Educação de alto padrão para todos.

Educação de alto padrão para todos.

15.10.fwEntre os dias 19 a 25 de outubro, o Programa Saúde no Ar realiza a Semana da educação.O Objetivo é evidenciar a educação, em um panorama analítico dos dados existentes afim de colaborar para uma educação de alto padrão para todos. Para um melhor entendimento da situação algumas questões serão levantadas.O nosso modelo educacional funciona? atende às expectativas da construção da cidadania? Nosa educação prepara o aluno para convivência harmônica social? desperta para autoconhecimento como chave de evolução do ser? Prepara para o mercado de trabalho? A escola é um elo importante no esenvolvimento do bairro?.

Não é novidade que a educação brasileira atravessa uma crise sem precedentes. Esta crise resulta, de um lado, da inexistência de um eficiente e eficaz sistema de educação e, de outro, da falta de políticas governamentais que contribuam para a superação dos problemas atuais da educação e para sua adequação às mudanças tecnológicas em curso que impactam sobre o mundo do trabalho e a sociedade em geral. O fato de o sistema de educação do Brasil ser ineficiente impede que ela opere como fator de desenvolvimento econômico e social e contribua para a ascensão social das camadas mais baixas da população. A inexistência de uma nova política de educação ajustada às mudanças tecnológicas em curso impede que o Brasil aumente a produtividade de seus trabalhadores e comprometa seu desenvolvimento econômico e social.

A ineficiência e ineficácia do sistema de educação atual são demonstradas pelo desempenho medíocre de estudantes brasileiros nos exames do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) que busca medir o conhecimento e a habilidade em leitura, matemática e ciências de estudantes com 15 anos de idade tanto de países industrializados membros da OCDE como de países parceiros e pelo insatisfatório desempenho das universidades brasileiras no ranking das universidades no mundo medido pelo THE (Times Higher Education) que avalia o desempenho dos estudantes universitários e a produção acadêmica nas áreas de engenharia e tecnologia, artes e humanidades, ciências da vida, saúde, física e ciências sociais e considera ainda pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional, além do ambiente de ensino. 

A catastrófica situação em que se encontra o sistema de educação no Brasil demonstrada pelo PISA e THE e as mudanças tecnológicas em curso que impactam sobre o mundo do trabalho e a sociedade em geral estão a exigir que se realize uma verdadeira revolução na educação no Brasil. O grande desafio de educação no Brasil é representado, não apenas pela deficiência do sistema atual, mas, sobretudo, pelas rápidas mudanças que estão ocorrendo no mundo do trabalho graças ao avanço tecnológico em que vivemos.

Os indicadores demonstram a importância de se adotar políticas públicas eficientes que não visem apenas ao acesso à educação, mas também direcionadas à busca de excelência na qualidade de ensino. As crianças e adolescentes necessitam, e têm direito, a uma educação adequada que fornece todas as bases para um desenvolvimento pleno que lhes garanta viver com dignidade.

O assunto: Panorama da educação brasileira na perspectiva do professor, foi WhatsApp Image 2018-10-15 at 15.36.02tema do Programa Saúde no Ar, desta segunda-feira (15.10). Com transmissão ao vivo pelas Rádios Excelsior AM 840 e Saúde no ar (web).  Patrícia Tosta e o Colunista do Saúde e cidadania, Ezequiel Oliveira, conversaram com a Diretora Acadêmica da Apub Sindicato e Professora da Faculdade de Educação da UFBA, Raquel Nery e com o Coordenador geral da APLB Sindicato, Rui Oliveira.

 

 

Ouça a enrtrevista deste primeiro dia da Semana de Educação e Saúde:

Acompanhe o programa no portal ou pelo aplicativo gratuito Rádio Saúde no Ar.Participe pelo telefone (71) 3328-7666 e WhatsApp (71) 99681-3998.

Transmissão simultânea através do Facebook @portalsaudenoar.  Veja o vídeo desta publicação 

Foto: Saúde no ar 

Fonte: Saúde no ar 

Redação Saúde no ar (SS)

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *