ECOAR -Ceia de Natal e festas de final de ano

Numa parceria de cooperação técnica/conteúdos entre o Programa Excelsior saúde, Portal Saúde no Ar e a Pró-reitoria de extensão da Universidade Federal da Bahia, publicaremos a partir desta data, às quartas-feiras, o Podcast  ECOAR, uma série sobre agroecologia e saúde.

A produção de conteúdos sobre a temática agroecologia/saúde será transmitida à comunidade, através deste Portal e também pelo Programa, Excelsior Saúde, veiculado pela Rádio Excelsior/AM840, tendo a apresentação da comunicadora, Patricia Tosta.

Esta iniciativa tem a coordenação da Profa. Dra. Josanidia Santana Lima (Profa. de Agroecologia/Instituto de Biologia da UFBA) e colaboração dos alunos da disciplina, ACCS- Ação Curricular em Comunidade e em Sociedade/Comercializando a produção agroecológica.

Esta é uma publicação semanal, sempre às quartas-feiras com conteúdos inéditos de interesse da comunidade em geral.

Neste  nono episódio, o tema apresentado é: Ceia de Natal e festas de final de ano

Participação:

Narrador 01: Juan Gramacho /Estudante do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde, 4° semestre.

Narradora 02: Karina de Souza/ /Estudante do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde, 4° semestre.

Confira o conteúdo desta edição.

Chegou então o mês mais esperado do ano, dezembro, que lembra o Natal, que lembra festas, que lembram a comida, não é mesmo? Com o final do ano chegamos também ao final desse ciclo do ECOAR- Nosso bate-papo sobre agroecologia e saúde- que, essencialmente, essa semana traz para você, ouvinte, com uma pitada de despedida através de um episódio especial com nossos apresentadores, Juan Gramacho e Karina Souza. O bate-papo desta quarta dia 15 de dezembro vai trazer sugestões de como economizar na ceia de natal, lidando com a ceia e a crise e como a agroecologia pode ajudar a minimizar os seus gastos.

Com final de ano e as festividades vem sempre a ceia como peça chave das reuniões.  Porém, com a alta nos preços das carnes e alimentos básicos, como é que fica essa situação? Durante o bate-papo, Karina traz que não está fácil economizar, mas para quem pode, a dica é fortalecer os pequenos, escolhendo alimentos e produtos que vem de quem está mais próximo. Ela destaca também que essa é uma das propostas da agroecologia, assim, no lugar de ir nos grandes mercados pode-se ir à feira, comprar com a vizinha, apoiar alguma mãe solo que investe em produtos naturais e orgânicos, mas tudo isso depende de uma boa pesquisa de mercado. Uma outra dica é se juntar em grupos para comprar em quantidade e, dessa forma diminuir os valores.

Além dessas dicas, Juan acrescenta também algumas dicas de receitas mais leves para o bolso, a exemplo da substituição do peru ou chester pelo frango, que pode ser uma opção mais barata se comparada às outras carnes, podendo também ser incrementado de rodelas de laranja na sobrecoxa. Ou mesmo as rabanadas que o pão próprio do prato pode ser substituído pelo pão francês que fica muito bom com gotinhas de baunilha por cima. O que não vale é ficar sem ceia.

Quando o assunto é: “polêmica”, uma coisa que não pode faltar são as passas e o panetone de frutas cristalizadas. Sobre esses queridos do natal, Karina sugere que para comprar passas mais em conta deve-se escolher sempre lugares que vendam a granel. Além das passas, condimentos e frutas cristalizadas também saem por preços mais razoáveis nesses espaços quando comparadas com preço de mercado. Podemos encontrar também, pesquisando na internet, produções alternativas e orgânicas para poder desfrutar de um panetone cheiroso e gostoso e ainda ajudar uma pequena produtora ou uma instituição beneficente.

E por falar nisso é importante também destacar os cuidados na hora de ingerir alimentos mais festivos nessa época. Juan destaca que alguns vilões como sal e açúcar, devem ser evitados, ainda mais pra quem tem problemas de hipertensão e diabetes. Nessa perspectiva, as folhas, fibras e hortaliças agroecológicas se tornam uma boa opção para dar um toque mais saudável à ceia e as festas de fim de ano, e porque não reinventar? Esse ciclo do ECOAR fica por aqui, mas no próximo ano voltamos com muito mais novidades, ecoando a agroecologia por aí!

 Ouça na íntegra:

O pod cast:

O Ecoar vai ao ar às quartas-feiras, sempre debatendo temas que tenham relação com a agroecologia – ciência que abarca formas de produção e de vida com base na produção limpa, economia solidária e modo de vida que dialoguem com os ciclos da terra e da água, de forma mais respeitosa e justa.  O material é produzido por estudantes da Atividade Curricular em Comunidade e Sociedade – Comercializando a Produção Agroecológica, sob a liderança da Professora Titular, Josanídia Santana Lima, do Instituto de Biologia da Ufba. Mais informações estão disponíveis nas redes sociais com o ig @feiraagroecológicaufba.

SAIBA MAIS:

Outras informações na revista da feira agroecológica da UFBA e nas redes sociais da Feira, basta buscar por Feira Agroecológica da Ufba no Instagram e Facebook.

Conheça os canais de informação sobre a Feira Agroecológica:

Instagram  

Facebook  

Site

YouTube: 

 

Confira também:  Para conferir todas as edições deste PodCast – acesse o link: ECOAR

Sobre o Proext

A Pró-Reitoria de Extensão é responsável por coordenar, fomentar e articular as atividades de extensão universitária das diversas Unidades e Órgãos Complementares da UFBA por meio de programas, projetos, cursos e eventos. Reconhecendo o ensino, a pesquisa e a extensão como indissociáveis, as ações implementadas pela Pró-Reitoria abrangem dois grandes campos do saber – o da Arte e Cultura e o da Ciência e Tecnologia – e compreendem a disseminação desses saberes.Tem como objetivo promover a integração entre a Universidade e a sociedade na troca de experiências, técnicas e metodologias, permitindo ao aluno uma formação profissional com responsabilidade social, dando ao professor oportunidade de legitimar socialmente sua produção acadêmica e elevando a UFBA ao patamar de uma universidade cidadã, voltada para os grandes problemas da sociedade contemporânea. Contato: Pró-Reitoria – (71) 3283-5950

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.