Diálise - Fisioterapia uma aliada para melhorar a qualidade de vida

Diálise - Fisioterapia uma aliada para melhorar a qualidade de vida
Nesta quinta-feira, 07.11, no Programa Saúde no ar com transmissão das 09 às 10h, pelas Rádios Excelsior AM 840 e Web Saúde no ar,  Patrícia Tosta entrevista a Médica Nefrologista, Rita Barreto e o Fisioterapeuta Bernardo Dias.
Tema da entrevista: Fisioterapia uma aliada para melhorar a qualidade de vida.
A fisioterapia é essencial na qualidade de vida de pessoas que sofrem de doença renal crônica. Os pacientes costumam ter perda de força muscular, diminuição da massa óssea e da capacidade física, o que aumenta o risco de queda, além de chance de desenvolverem problemas cardiovasculares.  Previne ou atenua a incapacidade física e funcional dos pacientes em diálise e em tratamento renal conservador, evitando riscos de quedas e hospitalizações. Outros benefícios também fazem parte do tratamento.

“Com a fisioterapia conseguimos minimizar esse quadro, melhorando a força muscular do paciente, devolvendo a ele a segurança para atividades sociais e, principalmente, ampliando a qualidade de vida do doente”, afirma a nefrologista Rita Barreto, responsável pelo INED e

O fisioterapeuta Bernardo Dias destaca os benefícios da fisioterapia: “Ela pode contribuir ainda para a redução da incidência de cãibras, pois os alongamentos devolvem aos músculos seu comprimento e elasticidade normal e os exercícios de fortalecimento ajudam a devolver a tensão normal do músculo, além de auxiliar no retorno venoso”,

“Para se submeter à fisioterapia, o paciente renal crônico deve ser avaliado por um médico, que indicará se ele está apto ou não ao tratamento. Em seguida ele é avaliado por nossos profissionais, que desenvolvem série de acordo com suas necessidades”, afirma Rita Barreto.

Ambos os entrevistados trabalham no Instituto de Nefrologia e Diálise (INED).

Assista o vídeo do programa:

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *