Cursos de medicina terão mudanças

Cursos de medicina terão mudanças

janine1ok80917

Foram anunciadas nesta quinta-feira (27/08) pelo ministro da Educação (MEC), Renato Janine Ribeiro, mudanças na avaliação dos cursos e de estudantes de medicina.

De acordo com o ministro, todos os cursos da área serão avaliados in loco ( no próprio local) em 2016. A secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Marta Abramo, explicou que mesmo os cursos que tenham histórico de boas notas não serão dispensados da avaliação.

Os exames serão feitos anualmente, com os alunos do segundo, quarto e sexto ano (o último do curso). “Dada a relevância da medicina, dado que ela está lidando com a vida das pessoas, decidimos avaliar três vezes ao longo do curso. A nossa rigidez em termos de qualidade dos cursos de medicina vai ser muito grande”, afirmou o ministro Renato Janine.

Outra inovação  é que para cada aluno que se formar, a instituição de ensino terá que disponibilizar uma vaga de residência. “Se temos uma faculdade com 50 vagas e a residência é de dois anos, precisaremos ter, na verdade, 100 vagas de residência – metade para o primeiro ano e metade para o segundo ano”, disse o ministro. A intenção do governo, segundo o ministro, é que todos os alunos tenham acesso à residência.

"Quando se faz uma mudança significativa é preciso fazer com qualidade. (…) Se estiver havendo algum problema na formação do aluno, a faculdade será alertada já no período de formação", afirmou o ministro.

Os estudantes dos cursos de graduação em medicina serão avaliados a cada dois anos.

JR

 

G1

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *