Crime de guerra: Ucrânia inicia primeiro julgamento de soldado russo

Crime de guerra: Ucrânia inicia primeiro julgamento de soldado russo

Nesta sexta-feira (13), tribunal ucraniano realizou uma audiência preliminar; do primeiro julgamento de crimes de guerra decorrentes da invasão do país pela Rússia, em 24 de fevereiro. Um soldado russo capturado é acusado pelo assassinato de um civil de 62 anos.

O caso é de enorme importância simbólica para a Ucrânia. Além disso, o governo de Kiev acusa a Rússia de atrocidades e brutalidade contra civis durante a invasão e disse que identificou mais de 10 mil possíveis crimes de guerra.

Contudo, a Rússia nega alvejar civis ou envolvimento em crimes de guerra e acusou Kiev de encená-los para difamar suas forças.

O réu disse ao tribunal que era Vadim Shishimarin, nascido na região russa de Irkutsk e; durante a curta audiência preliminar, confirmou que era um militar russo. O tribunal se reunirá novamente em 18 de maio, disse o juiz.

Se condenado, ele pode pegar prisão perpétua pelo assassinato na vila de Chupakhivka, no Nordeste da Ucrânia, a leste da capital Kiev, em 28 de fevereiro.

 

Fonte: Reuters

 

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.