Covid-19: Feira de Santana registra primeiro caso de transmissão vertical

Covid-19: Feira de Santana registra primeiro caso de transmissão vertical

Em comunicado a prefeitura de Feira de Santana confirmou, nesta quinta-feira, 18, a identificação do o primeiro caso de transmissão vertical de Covid-19. Esse tipo de transmissão acontece quando a mãe transmite a doença para o bebê ainda no útero.  De acordo com a gestão municipal, a confirmação se deu porque os dois não tiveram contato após o nascimento da criança.

“Foi uma gravidez de 30 semanas que acabou tendo que ser feito um parto de urgência. No dia seguinte fizemos a coleta da secreção respiratória do bebê, que resultou positivo”; de acordo com informações da médica infectologista coordenadora do comitê de combate ao coronavírus de Feira, Melissa Falcão.

Além disso, a especialista ressaltou que, pela mãe ter testado positivo para a doença, ela e o bebê foram internados em Unidades de Terapia Intensiva diferentes; contudo, ainda assim a criança testou positivo.

Por outro lado, mesmo tendo precisado de ventilação mecânica; com a boa evolução estão em ventilação espontânea, apresentando melhora clínica.

De acordo com o comitê, a situação do coronavírus em Feira é grave, com a sobrecarga nas redes públicas e privadas da cidade e a falta de dois medicamentos, um anticoagulante e um relaxante muscular, necessários para a intubação dos pacientes.

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Opas pede que países mantenham imunização contra a Covid-19 com vacina da AstraZeneca

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.