Coronavac é 69% eficaz contra internação de crianças de 3 a 5 anos

Coronavac é 69% eficaz contra internação de crianças de 3 a 5 anos

De acordo com estudo conduzido no Chile, durante o surto da variante Ômicron, com a avaliação de quase 500 mil crianças vacinadas com a Coronavac; analise apontou que o imunizante obteve 69% de efetividade contra internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs); bem como 64,6% na prevenção de hospitalizações e 38,2% de efetividade contra a infecção pelo novo coronavírus.

A analise ainda está em formato preprint, ainda sem revisão por pares. Contudo, diferentemente dos testes de eficácia, que dizem respeito aos estudos conduzidos em ambientes controlados; os dados de efetividade refletem os resultados da vacinação na prática em grandes populações.

Assim, na análise, os pesquisadores incluíram 516.250 crianças de três a cinco anos vinculadas ao Fundo Nacional de Saúde (Fonasa); o sistema público de saúde do Chile. Destas, 490.694 receberam a Coronavac, as demais crianças, chamado grupo controle, não receberam vacina. Para o estudo, foram excluídas crianças com teste positivo para Covid-19.

As crianças foram imunizadas com duas doses, com 28 dias de intervalo, entre 6 de dezembro e 26 de fevereiro. De acordo com o estudo,  “as estimativas fornecem evidências da eficácia da vacinação em crianças de três a cinco anos durante o surto de Ômicron no Chile”.

 

 

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.