Consumo racional da água

Consumo racional da água

MEIO AMBIENTE E SAUDE

 

No dia internacional do consumidor o Saúde no ar chamou atenção dos ouvintes e leitores para o consumo racional da água. 

No comentário para o quadro  “Meio ambiente e saúde”, o Promotor de Justiça do Ministério Publico da Bahia, Roberto Gomes, lembrou que este é um bem ambiental e também de consumo e que por isso deve ser disponibilizado  de forma contínua e com qualidade.

Para garantir essa entrega dentro dos padrões adequados de distribuição foi criado o Programa Água é vida: um direito de todos, coordenado pelo Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor (Ceacon). O  projeto integra o planejamento estratégico do Ministério Público estadual e visa monitorar a qualidade e continuidade da água posta à disposição da população.  O Água é Vida promove ainda ações de fiscalização junto às agências e órgãos públicos envolvidos na prestação do serviço à população. Atualmente mais de 100  municípios são fiscalizados pelo programa.

Em seu comentário exibido no dia 15.03, o coordenador do Ceacon, promotor Roberto Gomes, lembrou ainda que cada consumidor deve ser um fiscal, informando o fornecimento  inadequada deste recurso, pois “a oferta de água intermitente para consumo humano sem o necessário controle põe em risco a vida e a saúde das pessoas”.

Ouça um trecho da mensagem transmitida aos consumidores:

A qualidade da água está intimamente relacionada à qualidade da saúde, por isso deve ser uma prioridade.

A coluna meio ambiente e saúde, tem a colaboração do  ambientalista e diretor executivo do Grupo de Defesa e Promoção Socioambiental  (Germen), Cláudio Mascarenhas e é exibida toda quarta-feira, às 8h no Programa Saúde no ar, veiculado pelas Rádios Excelsior AM840 e Web Saúde no ar 

Ouça, divulgue e participe com sugestões de novos temas.

Redação Saúde no ar.

 

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *