Campanha incentiva teste para diagnóstico da hepatite C

Campanha incentiva teste para diagnóstico da hepatite C

As Sociedades Brasileiras de Hepatologia e de Infectologia lançaram, nesta terça-feira, 22, em Salvador, uma campanha de divulgação para incentivar a população a realizar os testes de diagnóstico de hepatite C. Chamada 45+, por causa do alvo central da ação – pessoas com mais de 45 anos -, a campanha é apoiada pela Associação Médica Brasileira (AMB) e tem como objetivo, segundo os presidentes das sociedades médicas, sensibilizar a população e os próprios médicos sobre a necessidade de diagnóstico da doença. 


Transmitida pelo sangue contaminado – tanto diretamente, em transfusões feitas há mais de 20 anos, quanto indiretamente, por compartilhamento de seringas, agulhas ou equipamentos de manicure, por exemplo -, a hepatite C tem cura por meio de medicamentos em 90% dos casos, ressaltam os especialistas. O importante, de acordo com eles, é que a doença seja diagnosticada e tratada, porque com o tempo ela evolui para cirrose e câncer de fígado.

Hepatologistas e infectologistas aguardam com ansiedade a chegada ao mercado internacional de uma nova série de medicamentos para o tratamento da hepatite C, a partir do fim do ano. Hoje, no Brasil, o paciente tem disponível apenas o tratamento com um coquetel que pode causar diversos efeitos colaterais – até intolerância, em certos casos.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.