Brasil bateu dez recordes em produção de energia renovável em julho

Brasil bateu dez recordes em produção de energia renovável em julho

Apenas no mês de julho de 2021, o Brasil bateu, 10 recordes de produção de energia de fontes renováveis na região Nordeste. De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS); foram quatro recordes de geração eólica média e quatro de geração instantânea; bem como dois recordes de produção de energia solar.

Segundo o Ministério de Minas e Energia o índice registrado em 22 de julho, quando, pela primeira vez, a força dos ventos gerou energia capaz de abastecer 102% da região Nordeste durante 24 horas. Dessa forma, em apenas, um dia houve produção de mais de 11 mil megawatts médios de energia eólica.

Além disso, o diretor do Departamento de Informações e Estudos Energéticos do ministério, André Osório, afirmou que essas duas maneiras de gerar energia fazem parte da matriz energética renovável do país. De acordo com ele, essas formas de produzir sem esgotar a fonte de energia é predominante e deve continuar assim.

“A participação das [fontes] renováveis na matriz elétrica deve continuar acima de 80% até 2030, chegando a cerca de 85% em 2050”, disse Osório.

Dessa forma, nesse período que vai até novembro;  conhecido como safra dos ventos. De acordo com o ONS, a energia eólica hoje representa 10,9% da matriz elétrica brasileira e a expectativa é que chegue a 13,6% ao fim de 2025.

Já a energia solar representa 2% da matriz, com expectativa de atingir 2,9% até o fim deste ano. No dia 30 de julho, foi registrado o novo recorde de geração solar média, com o acúmulo de 682 megawatt médios em apenas 24 horas. Essa quantidade corresponde a 5,8% da demanda da Região Nordeste.

 

 

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.