Anvisa recebe pedido de autorização para testes em humanos da vacina da UFMG

Por meio de informe divulgado no ultimo sábado (31), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu pedido de autorização para o início dos testes em humanos da Spintec; vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

De acordo com anunciado, o pedido é referente a realização das fases 1 e 2 do estudo clínico. Segundo a UFMG, as fases acontecerão simultaneamente e estão previstas para setembro. Na primeira, que desenvolvida com cerca de 40 voluntários, avaliando a segurança da vacina, a fim de saber se ela provoca efeitos adversos.

Já a fase 2, com 150 a 300 voluntários, vai comprovar a capacidade imunogênica da vacina. Além disso, os voluntários serão pessoas que já tiverem recebido duas doses da vacina Coronavac há pelo menos seis meses. O objetivo é verificar a capacidade de resposta imunológica à terceira dose de um imunizante.

Ainda assim, conforme a Anvisa, a análise da solicitação “considerará a proposta do estudo, o número de participantes e os dados de segurança obtidos até o momento nos estudos pré-clínicos que são realizados em laboratório e animais”.

Dessa forma, o dossiê entregue à Anvisa a respeito do desempenho da Spintec contra a Covid-19, nos testes pré-clínicos realizados em camundongos humanizados, a vacina não gerou efeitos colaterais adversos detectáveis e demonstrou a capacidade de produção de anticorpos. Assim, espera-se que a Spintec esteja disponível em 2022, quando toda a população já tiver recebido duas doses de vacina. O objetivo é usar a vacina para reforçar a imunidade contra o coronavírus.

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.