Anvisa deixa de exigir retenção de receita para venda de ivermectina e nitazoxanida em farmácias

Anvisa deixa de exigir retenção de receita para venda de ivermectina e nitazoxanida em farmácias
De acordo com nota da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Diretoria Colegiada do órgão revogou decisão de obrigatoriedade de retenção de receitas nas farmácias para compra de ivermectina e nitazoxanida. A exigência de retenção de receita para os medicamentos  faz parte do monitoramento constante de substâncias sujeitas a controle em virtude da emergência de saúde pública de importância internacional (ESPII) relacionada ao novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Segundo a nota,  no momento os medicamentos não correm o risco de sumiram das farmácias, ” a Ivermectina e Nitazoxanida, no momento, não se encontram sob ameaça de desabastecimento de mercado. A alteração foi adotada visando garantir o acesso da população ao tratamento de verminoses e parasitoses bastante conhecidas e bem significativas. A decisão considera ainda que os dois medicamentos já são de prescrição médica e não vêm sendo utilizados em doenças e pacientes crônicos”.

Com isso, a Agência resolveu suspender a retenção da receita médica. O monitoramento da lista de substâncias sujeitas a controle em virtude da citada emergência de saúde pública de importância internacional relacionada ao novo coronavírus permanece sendo feito e tem como objetivo garantir o acesso da população aos tratamentos de saúde necessários.

Em algumas cidades a ivermectina é usada como auxiliar para combater a infecção pelo novo coronaviurs, porém inúmeros alertas ja foram emitidas por órgãos de saúde, ressaltando que o medicamento não tem eficacia comprovada e pode se tornar perigoso o uso indiscriminado. Relembre. 

#Campanha Vidas Importam

Veja também: MS alerta: procure atendimento imediatamente aos primeiros sintomas de Covid-19

ANS disponibiliza nova edição do Mapa de Utilização do SUS

Primeira fábrica de insulina do hemisfério Sul será construída na Bahia

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *