A Ford e a desindustrialização em marcha no Brasil

A Ford e a desindustrialização em marcha no Brasil

Na década de 1980, a participação da indústria na formação do PIB do Brasil era cerca de 30% e hoje é menos de 7%. Esta queda significa desindustrialização que resultou da abertura econômica irresponsável pelos governos no Brasil, a falta de política industrial de defesa da indústria nacional e a ineficiente infraestrutura do País desde 1990. O fechamento de fábricas da Ford no Brasil faz parte deste processo. Se a Ford que é uma empresa multinacional sai do Brasil é porque o Brasil deixou de ser local atrativo para a produção de automóveis.

O Brasil deixou de ser atrativo graças também à incompetência do governo Bolsonaro que nada faz para reativar a economia brasileira. Este é um dos efeitos da globalização, da abertura econômica irresponsável e da incompetência dos governos brasileiros. As empresas multinacionais se instalam e saem dos países em função de seus interesses e os países hospedeiros como o Brasil que facilitam tudo para elas ficam sem nada. Lamentável, sobretudo pelo desemprego em massa que provocam.

Por: Fernando Alcoforado

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Com o fim do Auxílio Emergencial economia do Norte e Nordeste deve sofrer maior impacto

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *