Secretário de Saúde anuncia ampliação de atendimento ortopédico durante audiência pública

Secretário de Saúde anuncia ampliação de atendimento ortopédico durante audiência pública

Nesta terça-feira (22) Na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, participou de uma audiência pública  com o objetivo de discutir a fila de cirurgias de joelho no estado.

O secretário anunciou  medidas para redução das filas de cirurgias ortopédicas, a exemplo da descentralização de serviços e aquisição de 13 artroscópios.

Os seguintes hospitais terão os serviços ativados: Hospital Regional Costa do Cacau, Hospital Geral de Vitória da Conquista, Hospital Regional de Irecê, Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, Hospital Geral do Oeste, Hospital Geral Prado Valadares e Hospital de Porto Seguro.

Também foram instalados arcos cirúrgicos em todos os hospitais da rede estadual, além de hospitais municipais e filantrópicos, via recursos próprios e emendas parlamentares.

“Estamos trabalhando com a ampliação do volume de cirurgias, tanto em Salvador quanto no interior do estado, contratualizando serviços e trabalhando com registro de preços centralizado para oferecimento de materiais de síntese e de próteses. Com isso, esperamos, ainda em 2020, uma queda significativa do volume de pacientes na espera da regulação para as situações de urgência e que, com isso, possamos ter vagas em nossos hospitais para internar os pacientes eletivos”, afirmou Vilas-Boas.

“Nossa rede própria é pressionada pelo volume de internações da rede de urgência e emergência, o que significa que não consigo ter vaga para pacientes eletivos. Eu não tenho como bloquear o leito e negar para um paciente que foi vítima de acidente de carro”, pontuou.

Segundo o secretário,  na cidade de Vitória da Conquista, está sendo construído  um centro  centro  com duas salas cirúrgicas e 70 leitos dedicados à especialidade. o Estado passará  a oferecer cirurgia ortopédica de alta complexidade, incluindo colocação de prótese.

Fonte: Sesab

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *