Saúde mental teve piora na pandemia

Saúde mental teve piora na pandemia

Com a pandemia do novo coronavírus, quase 4 em cada 10 brasileiros apresentaram piora na saúde mental, segundo pesquisa realizada pelo PoderData, divulgada nesta segunda-feira, 20.

De acordo com a pesquisa, entre os entrevistados, 43% afirmaram estar na mesma situação; por outro lado 16% relataram melhora. Já 3% preferiram não responder.

Contudo, no recorte por sexo, 44% dos homens relataram piora da saúde mental na pandemia. Outros 41% apontaram estabilidade e 12% melhora. Os demais preferiram não responder. Entre as mulheres, 32% tiveram piora, 46% mantiveram a estabilidade e 12% melhora. As demais preferiram não responder.

Já entre o público de 16 a 24 anos teve 53% dos entrevistados afirmando piora, 5% estabilidade e 41% melhora da saúde mental durante a pandemia. A faixa que menos relatou melhora foi o grupo de 45 a 59 anos: apenas 6%.

Assim, a analise contou com a participação de 2,5 mil entrevistados entre os dias 13 a 15 de setembro em 411 municípios de todos os estados. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Anteriormente, pesquisadores brasileiros, realizaram estudo; chamado de o “Estado emocional e alterações no comportamento alimentar de adolescentes durante o isolamento devido ao COVID-19”; (Adolescents Emotional State and Behavioral and Dietary Habit Changes during Isolation Due to the COVID-19 Pandemic). De acordo com a pesquisa 58% de jovens com média de 15 anos admitiram que a pandemia os levou a passar mais de oito horas diante de uma tela; seja de TV, celular ou computador.

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *