Saúde: Brasil registra dois casos da variante Deltacron

Saúde: Brasil registra dois casos da variante Deltacron
O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta terça-feira (15), que o Brasil registrou seus dois primeiros casos da variante deltacron, uma mistura da delta com a ômicron; ambas variantes conhecidas por serem as mais transmissíveis.

Contudo, segundo Queiroga, “Essa variante que seria uma junção da omicron com a delta, Deltacron, que tem mais na França e alguns outros países da Europa. Nosso serviço de vigilância genômica já identificou dois casos no Brasil. Um no Amapá, outro no Pará. E nós monitoramos todos esses casos, isso é fruto do fortalecimento da capacidade de vigilância genômica no Brasil”, afirmou Queiroga.

De acordo com o ministro a variante terá monitoramento do Ministério da Saúde, mas o papel das autoridades sanitárias é tranquilizar a população. “É uma variante de importância, que requer o monitoramento.

Além disso, Queiroga, ressaltou a necessidade da população tomar a terceira dose da vacina contra a Covid-19. “As medidas são as mesmas, e, se eu tivesse, meu amigo e minha amiga que me ouve, que indicar uma medida, é a aplicação da dose de reforço. Aplicar a dose de reforço é importante”, orientou.

Assim, segundo a Organização Mundial da Saúde, a variante deltacron é uma recombinação nas variantes delta e ômicron do coronavírus. De acordo com a OMS os recombinantes eram “esperados, especialmente com intensa circulação de ômicron e delta”

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.